Chapéu Coco – Ícone de tradição e estilo

Olá, pessoal!

Como estão?

Hoje iremos abordar a história do chapéu coco, um modelo que se tornou ícone de tradição e estilo inglês na hora de se vestir e se popularizou no mundo com muita elegância!

História do Chapéu Coco

Aquele famoso modelo de chapéu estilo Charles Chaplin, o chapéu coco, é um modelo de copa redonda e dura e aba curvada. Este acessório conquistou os homens da Inglaterra no século XIX e ficou muito popular até os anos 50 e 60.

Seu uso começou logo após a Primeira Guerra Mundial, quando o acessório passou a ser aceito em ocasiões formais, substituindo a tradicional cartola.

Um fato curioso é que o chapéu coco masculino surgiu no ano de 1849 quando um ex-militar pediu para uma chapelaria desenvolver um chapéu com altura de copa mais baixa e com um material mais duro, para usar em suas montarias, pois a cartola (modelo em evidência, na época) acabava colidindo com os galhos mais baixos durante sua cavalgada.

O nome do ex-militar? Coke Hat, nomenclatura usada a principio para o acessório. Tempos depois, o chapéu acabou ganhando o nome de Bowler Hat em homenagem aos chapeleiros Thomas e William Bowler, criadores do protótipo usado por Coke.

Logo, o chapéu coco bowler (chapéu bowler ou bowler hat)popularizou-se nos anos 50 e se tornou peça de “uniforme” da época, adotado por profissionais conservadores como os funcionários da coroa britânica e homens de negócios.

No cinema, o acessório também fez sucesso ao compor o personagem “Carlitos” interpretado por Charles Chaplin, aumentando a visibilidade do chapéu coco. Ainda hoje, muitos se referem ao Chapéu Coco como Chapéu Chaplin.

Alexander Delarge, personagem do filme Laranja Mecânica também usou um modelo coco para compor o seu visual insano. Este fato reacendeu a fama do chapéu já na década de 70.

Chapéu Coco - Charles Chaplin

The Beatles também apareceram usando o famoso Bowler Hat como sátira ao tipo do típico “cavalheiro inglês”, como eram conhecido os homens ingleses do século XIX, por serem visto de chapéu coco, terno, gravata, guarda-chuva e um jornal embaixo do braço, cena comum no centro financeiro de Londres até os anos 70.

The Beatles usando Chapéu Coco

Nos últimos anos, paradoxalmente, o modelo popularizado para público masculino, vem sendo muito usado pelas mulheres.

Este modelo de chapéu é bastante versátil, podendo compor looks mais delicados e também uma produção com uma pegada mais grunge ou rocker.

Para os fãs do estilo grunge ou rocker aposte no chapéu + peças pretas, mas caso a ideia seja não carregar tanto o visual, cores leves e peças estampadas deixam a produção mais romântica e clean.

Look Feminino com Chapéu Coco

Looks Femininos com Chapéu Coco

O chapéu coco é uma das tendências mais atuais da moda, presente no armário dos fashionistas e destaque nos modelos de looks dos famosos.

Celebridades como: Raquel Bilson, Mischa Barton e Kate Hudson adotam o modelo em suas produções.

Mulheres usando Chapéu Coco

O bacana é que além de compor diferentes tipos de looks, o acessório é fácil de usar e combinar, pois cai bem com shorts, calça, saias, vestidos e também blazeres. O chapéu pode ser a peça chave da produção, deixando aquele visual simples, com ar moderno e charmoso.

Já o público masculino pode optar por usá-lo com casacos, sobretudos ou coletes e calças jeans ou sociais, oscilando entre trajes formais a looks mais casuais e estilosos!

Looks masculinos com Chapéu Coco

Superversátil e um clássico, para quem não quer um chapéu com aba grande, a aposta é o modelo coco, pois não possui restrições e compõe qualquer look sem perder a personalidade.

Inspire-se!

Nos escrevam, deem dicas e sugestões!!!

Até a próxima!
Amanda – Equipe Chapelaria Vintage

2 thoughts on “Chapéu Coco – Ícone de tradição e estilo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *